Ímãs de Alnico e Samário

Imãs de Alnico

Alnico são ligas de Fe (Ferro) contendo Al (Alumínio), Ni (Níquel) e Co (Cobalto), além de outros elementos. O nome da liga é formado pela justaposição dos símbolos quí Imãs de Alnico. As ligas Alnico foram descobertas na década de 1920, e permitiram a produção industrial de imãs artificiais com indução magnética muito superior à dos naturais. Uma das ligas mais conhecidas é o Alnico5, contendo aproximadamente 15%Ni, 25%Co, 9%Al, 3%Cu e 48%Fe. Já o Alnico12 tem 18%Ni, 35%Co, 6%Al, 8%Ti e 33%Fe.


Imãs de Samário Cobalto

Os imãs de Samário Cobalto, como o nome já diz, é uma liga de Samário e Cobalto, e fazem parte da família dos ímãs de terras raras. Foram desenvolvidos na década de 1960, baseado nos estudos de Karl Strnat e Alden Ray da Base da Força Aérea Wirght-Patterson e da Universidade de Dayton, respectivamente. Estes imãs tem uma força ligeiramente menor que os ímãs de Neodímio, porém suportam uma temperatura bem superior, próxima aos 200ºC.